3.7.10

Achei que a final fosse dar Brasil e Alemanha.

Meus motivos contaram desde as vontades brasileiras em prol do hexa com futebol malemolente, contra a técnica robótica no futebol alemão, como também motivos políticos óbvios, mais as cores das bandeiras das duas seleções que resultaria nas da bandeira africana. Seria um resultado em formato mágico e unificador.

Percebo agora, em pânico, que essa final já rolou na copa passada, com uma branca alemanha a perder do amarelo brasil, e que agora, a Alemanha está, de preto, a assassinar as seleções em trator style.

Assassinou a bandeira do céu argentino de forma humilhante, e fomos bobocamente assassinados pelos generais holandeses, ou pela laranja mecânica, como gostam de dizer.

"emocionalmente desequilibrados" - muitas vezes citaram os seres a respeito do Brasil-dunguense, enquanto éramos roubados por políticos que aumentavam seus salários de forma desumana.

Um haitiano de 18 anos se suicidou se jogando na frente de um carro, ao ouvir o apito final do jogo do brasil. Simbólico ?

Ego me fez pensar que nós, brasileiros, iríamos assassinar a fria alemanha mais uma vez, mas noto que a seleção amarelo escuro, vermelho e preto está latente e forte.

Torço ainda para que o uruguai assassine a holanda, para nos dar uma última esperança de bandeira céu triufante.

Ou teremos uma final em cores terra e escuras ?

Medo.


2 comentários:

Criz disse...

Holanda já tá lá. Torça pra que dê Espanha! Antes fogo-sol do que terra suja. :|

~* Ana Voiss disse...

fogo-soooool ! \o/