29.12.09

eu diria que

tentar vomitar sentimentos em una canção
e depois contê-los na vida real

é algo total e completamente incoerente

inconcebível

in.su.por.tá.vel

19.12.09

"Yes, there were times, I’m sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all, when there was doubt
I ate it up and spit it out
I faced it all and I stood tall and did it my way

I’ve loved, I’ve laughed and cried
I’ve had my fill, my share of losing
And now, as tears subside, I find it all so amusing
To think I did all that
And may I say, not in a shy way,
“Oh, no, oh, no, not me, I did it my way”

For what is a man, what has he got?
If not himself, then he has naught
To say the things he truly feels and not the words of one who kneels
The record shows I took the blows and did it my way!

Yes, it was my way"
sim.

Existem coisitas que Doris percebe. Sutilezas de personalidades que entregam todos os seus verdadeiros históricos. Ela requota (ou retwita) algo recentemente lido : "O que você é fala tão alto que não consigo ouvir o que você está dizendo."

Chega ao ponto do cansativo ser Doris e estar com Doris.

Ver o que está ali claro, brilhante e latente, duro e real, em prol de uma menor perda de tempo neste curto momento que pela terra temos, ninguém a quer ouvir e/ou acompanhar.

Voltados para uma agradável e confortável ignorância a respeito do que para eles é bonito ser real, tais seres optam pelo conto de fadas, esquecendo-se, porém, das duras quedas já antes experimentadas.

Se questiona, aliás, se a consequente frieza de alguns sentimentos advinda da visão Dórica haverá de não compensar tal empreitada.

Admite ela ser de fato algo interessante de se provar. Os sentimentos não esfriam, mas se acumulam, para se jogar em coisas onde a queda não haverá de ser ilusoriamente válida, e verdadeiramente dolorida, porém em coisitas com um sólido e suculento colchão, tornando a espera deveras recompensadora.

15.12.09

Algumas frases suculentas do recém descoberto por mim Ralph Waldo Emerson (veja mais aQUI):


  1. Homens fracos acreditam na sorte. Homens fortes acreditam em causa e efeito.
  2. É fácil viver no mundo conforme a opinião das pessoas. É fácil, na solidão, viver do jeito que se quer. Mas o grande homem é aquele que, no meio da multidão, mantém com perfeita doçura a independência da solidão.
  3. O silêncio que aceita o mérito como a coisa mais natural do mundo constitui o mais retumbante aplauso.
  4. É impossível para um homem ser enganado por outra pessoa que não seja ele próprio.
  5. Podemos viajar por todo o mundo em busca do que é belo, mas se já não o trouxermos conosco, nunca o encontraremos.
  6. Todo o homem que encontro me é superior em alguma coisa. E, nesse particular, aprendo com ele.
  7. Creio muito na sorte. Quanto mais trabalho, mais sorte pareço ter.
  8. O que é, afinal, uma erva daninha senão uma planta da qual ainda se não descobriram as virtudes?
  9. Deviam parar com a demagogia sobre as massas. As massas são rudes, sem preparação, ignorantes, perniciosas em suas reivindicações e influências. Não precisam de lisonjas mas de instrução.
  10. O homem que está ocioso pode fazer algo de melhor.
  11. Ser você mesmo em um mundo que está constantemente tentando fazer de você outra coisa é a maior realização.
  12. O que você é fala tão alto que não consigo ouvir o que você está dizendo.
  13. O homem que deseja dirigir uma orquestra, deve voltar as costas para a multidão.
"vou criar um filho para entender o caos que eu ainda não entendi hi hi hi "

" e agora, o filho é o caos, eu ? me acomodo e espero morrer"

há a morte e o filho vai tentar se entender tendo um filho.

acho que os vírus pensam assim também.
a vida, dizem, parece um filme.

quando na real

o filme é baseado na vida.

9.12.09

The dust of the last-last sunday still is on my feets' nails, while I wonder if there is a single time when a person talks about his pain, and the other one doesn't think about / compare it to his own pain, underestimanting the other's feeling.

Being pessimistic or is it actually a fact ?

Possibilidades também existem onde o ser em questão faz tal comparação em prol de oferecer uma nova e interessante visão a respeito da sua própria dor para o outro.

Being otimistic or is it actually a fact ?

8.12.09



Fight when u've gotta , but it is not in ur nature, n u don't wanna



Oh well.

29.11.09

Também vez por outra devo admitir encantamento com um ou outro ser humano.

<3

17.11.09

"I've got trouble always knocking at my door.
Yea, I'm a whole lotta trouble baby, just like a kid in a candy store !"
- Sequência Palavrística Que a Muitos Suga mas a Poucos CondiZ -

-----------------


-----------------



  . Comportamento Chato Padrão Feminino - assassinar a outra mulher em prol do macho assassino.
  geeentem. quéquéisso.

12.11.09

* Tiger Woods: "Eu tive sorte, mas só depois de começar a treinar 10 horas por dia".

* Seres humanos que falam/cantam em monotom. Pensem sobre e desenvolvam um texto de até 30 linhas, pesquisando a respeito no google.

* O canto das cigarras agonizante ficam com o chegar de seu falecimento . *vingança*

* No Regrets .

10.11.09

eu tenho um certo e considerável ódio mortal por exclamações conjuntas a la : ele foi encontrado!!!!

ARGH !

Tá. Tudo bem. Não é um ódio mortal. É uma simpática e leve sensação de... " er.. tá, eu não vou continuar a ler pq 'soa' amador."

Prontofalei
" Solua

O sol está no céu
Mas depois do pôr do sol
Só a lua é o que vai ter. Solua... "

9.11.09

Topicus * ~ .

* Por que as cigarras ainda não se foram ? Não notaram elas ainda que:
1- não, a seca não vai rolar;
2- não, o tzée da minha ex-portaria está defeituoso e não soa mais como um cigarrão másculo para elas voarem igual a um filme de terror em minha direção;
3- não, eu não posso me tornar mais histérica do que já sou quando me encontro na presença delas.

* Por que Deus o documentário do Chacrinha é TÃO FREAK ? Quotando o amigo, "é a Viagem de Chihiro na vida real". Ao contrário do do Michael Jackson, onde o freak é só e somente o próprio cantor-luv-of-my-life

* Por que ?

* Quando a "falta de opção" muda de nome e se torna apenas "meant to be"

* "The Dream is Over. Or has it just begun ?"

* Sim.. as cigarras dormem, E acordam. No meio da noite, caso você seja inoportuno.

* Vizinhos não pedem mais açúcar. Pedem tudo, menos açúcar.

"For each machine I'm leaving, I find a bigger one..."

* Brasília, Pirinópolis, Alto Paraíso, Unaí, Rio de Janeiro, Búzios, Japuíba, Cabo Frio, São Paulo, Campos de Jordão, Fortaleza, Maceió, Floripa, Goiânia, Salvador, Morro de São Paulo, Natal, Florença, Pisa, Viareggio, Cinque Terre, Roma, Napolis, Capri, Sorrento, Milão, Londres, Amsterdam, Bruges, Lille, Paris, Barcelona, Buenos Aires, Córdoba, Orlando, Fort Lauderdale, Key West, Miami, Boston, Nova York !

* Outra ser familiar se foi. Velhinha tia-avó ! Vovó Dina ! Tem desenho seu no meu cadernito de infância, com as cabeças familiares com quem me importava. Não é a toa que, antecedente à palavra Parkinson, vem o Mal. Descanse.

19.10.09

Um ser assistiu e disse ter lembrado loucamente de mim - thanks :


<3

15.10.09

Feliz e trililante, em mais uma saga primaveril, eu trazia compras para la mia casita.

Pois não é que um simpático oriental abriu a porta para mim, se sentiu comovido e resolveu me ajudar até o meu andar ?

Aceitei constrangida a tal ajuda, porém principalmente baseada em um fato. Não, as compras não estavam tão pesadas assim.

Havia, no meu corredor, uma enorme/obesa/verde-amarronzada cigarra de cabeça para baixo.

Comentei tal fato com o meu salvador de dedos esmagados pelos sacos de compras. Ele apenas riu e disse:

- " Que besteira, esses seres nem atacam. "
- " Não atacam. Okay. Só pensam que você é uma árvore e grudam."
- " Hahaha. Mas não são nada nocivos. "
- " Pois vá você do meu lado direito, no qual ela se encontra, enquanto me arrasto pelo lado esquerdo do corredor."

Ele me encarou com um ar de certo arrependimento por ter ajudado alguém tão freak. Porém, todavia, chegamos no meu andar. Ao abrir o elevador, berrei:

- " GAH ! "
- " Oh, mas oq há ? "
- " Gasp, a cigarra tá de cabeça pra cima ! Coisa que significa que ela está . . . VIVA ! "

Neste momento, uma música de terror tocou em minha mente, algo que provavelmente não rolou na cabeça do japa que, masculamente riu e assumiu minha direita.

Fechei os olhos com força e colei na parede esquerda do corredor, para que o trauma passasse rápido até que . . .

- "TZÉEEEEEEEEEEECULHECTECPUTECHASDU"
- "wóoOOOOHOOOO !" - (grito de horror oriental)

Enquanto eu me debatia pelas paredes em extremo pânico, o príncipe charmoso, após declamar "não é que as filhas da puta atacam mesmo ?", a saiu chutando violentamente para fora do meu caminho, em direção ao corredor oposto ao do meu apê.

E lá, de cabeça para cima, após estalos-contorcidos-característicos-das-cigarras-de-dor, ela ficou.

Agradeci tal salvamento duplo ao galante rapaz e ele se foi.

Porém, lá ela ficou. E vários dias depois, de lá, ela me encarou.

Imóvel. Estátua. Virada para cima.
Até desaparecer em algum saco de lixo.

7.10.09

Então quer dizer que . . .

As pessoas gostam de tomar choque.

Eu gostei, elas gostam.

Tento inspirar nelas maior sabedoria do que tive eu... e de que adianta ?

Resta torcer para que o ser em questão goste de intensidades leves das tais movimentações elétricas.

Convenhamos, cada um tem o grau de masoquismo diretamente proporcional ao quanto haverá de... sofrer. Ou simplesmente o grau de cegueira no estilo "comigo será diferente, tá, por mais óbvios que tais resultados possam soar para você, mocréeeia"

Redundante e previsível. Uma humanidade muito criativa mas cíclica, há vezes espiralicamente cíclica, com os velhos demônios psicológicos aprisionadores, e os passados ululantes ! uuuuuh

Fim de papo.

5.10.09

Tem momentos que só esperamos o momento passar.

O peso do que se tem a dizer é composto de vazio e falta de sentido.

O ser em questão deve parar, ficar em um simpático casulo, para criar as tais novas e bonitas asas.

Me disseram até, né, "you'll have to heal, so that you can fly with your creative energy".

Isso é tudo muito bonito de se idealizar, teorizar.

Na prática, temos que conseguir visualizar isso que é invisível, e tentar não se ferir com o que é intensamente concreto e palpável.

E agora, paro pra notar que, sim. Os adultos que antes eu via, com sua visão sem sentidamente fria e cinza da vida, são agora compreensíveis.

E os bebezos que brilham os olhos, e se comovem com coisas que já não têm mais a mesma porpurina de dias passados meus, são eles as novas porpurinas que passaram a me comover.

No casulo então devo encontrar-me, para entender-vi, entender-me, entreter-me, perceber-vi, perceber-me, num contexto total e completamente novo.

Não. Não virei uma adulta que vê cinza. Mas também não sou mais o bebezo cheio de porpurinas.

Sente-se fortemente aquela incrível frase sobre os tais contos de fada de dias passados, que crescerão...
mas nunca morrerão.

Amém.

1.10.09

oi Outubro !

Brasília te saúda com a sinfonia do inferno nº394, entoada pelas maiores e mais horrendas cigarras já vistas.

Pelas noites, grilos e demais insetos obscuros ensaiam a peça "Reprodução Esvoaçante Nesta Época tão Florida", fazendo sons saídos de seus corpos absolutamente nojentos, exalando o cheiro inseto-primaveril.

Mais uma vez, assim como o especial do Roberto Carlos que ocorre anualmente, teremos as famosas e trililantes baratas voadoras, com suas pernas peludas e sua cor agradavelmente marrom.

O meu aniversário contido em ti, Outubro, após um mês de inferno astral, é um mero detalhe

de mais uma libriana nascida na época dos insetos feromônicos.

24.9.09

Item 2.976.327 : Quando alguém diz:

" Dnt wanna go through this kind of caos for u "


Isso pode significar que:


a) O caos é muito grande, quase gigante, e por isso a situação é considerada não válida, mesmo que a "u" seja grandevole;

b) A "u" nada mais é do que um normal tolete que qualquer pequena pedra pode ser vista como uma montanha.


?

19.9.09

incrivelmente chato
intensamente previsível
e
absolutamente indigesto

.p.r.e.g.u.i.ç.a.

17.9.09



infância - como as coisas simples podem ser simplesmente má.gi.cas

<3

15.9.09




"... Fuck the silly "throw you out" joke
Fuck the framed cigar DeNiro smoked
Fuck their lack of originality and personality
Fuck this travesty
Fuck this new norm
Fuck conformity
Fuck their Kristal
Fuck their sordity
Fuck the way they fuck equality
Fuck their freebie gear
Fuck the ones they wear

Successful people
Dressed up people
Smiling people
Famous people
Red carpet people
Wealthy people
Important people
But still just people

Messed up people
Shallow people
Stupid people
Plastic people
Meta people
Theta people
Therapyople
Entropiople

Oh, fuck the ones they wear
I'm cribcaged
Cribcaged
"


"...
I'm alive and I am true to my heart now - I am I,
but why must truth always make me die?

Let me break!
Let me bleed!
Let me tear myself apart

I need to breathe!
Let me lose my way!
Let me walk astray!
Maybe to proceed
Just let me bleed!

Let me drain!
Let me die!
Let me break the things I love I need to cry!
Let me burn it all!
Let me take my fall!
Through the cleansing fire!
Now let me die!
Let me die

Let me out
Let me fade into that pitch-black velvet night"

<3 PoS

12.9.09

"Esqueci as regras do jogo
E não posso mais jogar
Veio escrito na embalagem
Use e saia prá agitar
Vou com os outros pro abate
O meu dono vai lucrar
Seja cedo ou seja tarde
Quando isso vai mudar?

Não me diga: eu te disse
Isso não vai resolver
Se eu explodo o meu violão
O que mais posso fazer?
Isso é tão desconfortável
Me ensinaram a fingir
E se eu for derrotado
Nem sei como me render

E eu me vendo como um brinquedo torto
E eu me vendo como uma estátua"

9.9.09

Nove do Nove do Nove !

09.09.09 !

TOC !

Tenho que esperar agoniantemente/intensamente/fixamente:

09:09:09 de 09.09.09 !

:O~
A cigarra mensageira já avisou à todos do clã Brasília-Chão-Total-de-Concreto :

Elas Chegaram (2009)

>.<

8.9.09

"In regards to your behavioral data (the part where you had to discern whether the second tone was higher or lower than the first), you had a score of 4 Hz for perception, and 2.75 Hz for production.

What this means is, at a base tone that is 500 Hz, you are able to detect another tone that is different by only 4 Hz, and can produce two tones differing by only 2.75 Hz. Those scores are phenomenal. Tone-deaf people usually have scores over 30 Hz just to give you a reference.
"

:D


Por que que quando os ursos hibernam eles não sentem dor de cabeça nem improdutividade ? :/
Uma cigarra se debateu hoje bem próxima à minha sem-tela janela. Janela esta que já permitiu entrada de outros seres obscuros porém coloridos, que tive que esmagar arremessando um tamanco de peso suficiente.

Uma vez porém perdoei um ser. Uma aranha picolina e saltitante. Resisti o arremesso pois era de fato pequenina e não grudante como os demais seres sem ossos. E mais, ela poderia comer as formigas ! :D

Fato é que esbarrei com ela vários dias que pela casa andava, mas nesta noite, notei a sua ausência. Hoje, que a primeira cigarra-mensageira se debateu próxima à minha sem-tela janela.

6.9.09

coz the joke
que você levou para cama
that was me

n I'm not gonna fade
em um piscar de olhos - e tu sabes disso.

and everytime I scratch my nails
nas costas de alguém
espero que sintas

well, can u fell it ?

- just to remind you
da bagunça que deixaste -

-when you went away-

bitch

1.9.09

Ancora Quota

Finalizo então este momento de quotações intensivas (que nada mais são do que vômitos de seres que pensam semelhante, ajudando a consolar certas solidões da mente. Ou, dependendo do quotador, uma maneira de fazê-lo se sentir inteligentinho hihi).

Embriagai-vos:

É necessário estar sempre bêbado.
Tudo se reduz a isso; eis o único problema.
Para não sentirdes o horrível fardo do Tempo, que vos abate e vos faz pender para a terra, é preciso que vos embriagueis sem cessar.
Mas de quê? De vinho, de poesia ou de virtude, a vossa escolha.
Contanto que vos embriagueis.
E, se algumas vezes, nos degraus de um palácio, na verde relva de um fosso, na desolada solidão do vosso quarto, despertardes, com a embriaguez já atenuada ou desaparecida, perguntai ao vento, à onda, à estrela, ao pássaro, ao relógio, a tudo o que foge, a tudo o que geme, a tudo o que rola, a tudo o que canta, a tudo o que fala, perguntai-lhes que horas são;
e o vento, e a vaga, e a estrela, e o pássaro, e o relógio, hão de vos responder:
É hora de se embriagar!
Para não serdes os martirizados escravos do Tempo, embriagai-vos;
embriagai-vos sem tréguas!
De vinho, de poesia ou de virtude, a vossa escolha.


Charles Baudelaire


"O que há de revoltante num estilo de vida individual. - As pessoas se irritam com aqueles que adotam padrões de vida muito individuais; elas se sentem humilhadas, reduzidas a seres ordinários, com o tratamento extraordinário que eles dispensam a si mesmos."

Nietzsche

"...the only people for me are the mad ones, the ones who are mad to live, mad to talk, mad to be saved, desirous of everything at the same time, the ones who never yawn or say a commonplace thing, but burn, burn, burn like fabulous yellow roman candles exploding like spiders across the stars and in the middle you see the blue centerlight pop and everybody goes, ‘Awwwww!"

Kerouac

"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música."

Nietzsche

31.8.09

Can't Get Enough * ~ .

"Casado, bom pai, trabalhador, cumpridor de seus deveres, tem todos os defeitos que impedem a boemia."

"Eu posso não ser um bom exemplo. Mas sou um bom aviso"

"A vida é transmissível por via sexual."

"Só me considerarei bom conhecedor de inglês no dia em que parar de puxar as portas em que está escrito push."
(antes de essa frase eu ter lido, garanto tê-la sentido quando por lá passeava).

- Millor

30.8.09

Ter tomado a altamente sagaz decisão de seguir o Millôr Fernandes no Twitter me faz constantemente um ser humano MUITO mais feliz !

“Amigos, vou ser breve”, como disse o moribundo gentil.

Que nada é impossível não é verdade. Todo mundo faz nada com facilidade.

Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem.

Acabar com a corrupção é o objetivo supremo de quem ainda não chegou ao poder.

A alma enruga antes da pele.


... entre demais magias !

26.8.09

I am used to do what it takeS * ~ .

pois então
não cutuquem aqueles que em mim dóem .

ei,
não se cutuquem, vocês que em mim dóem !

com esses gravetos pontudos nada comunicadores
daí então feridas que formam cascas, cascas essas mudas, agressivas

duras . frias . e úmidas

toc ? toc ? Is there anybody in there ?

24.8.09


"Whatever happened to you, it still hurts, doesn't it ? - don't worry, it won't hurt forever."

- Artista que Conheci em Boston - Know him too

23.8.09

Irmã da Doris diz:
olha essa música
eu achei o refrão
parecido com você... que você é a lua :~~ :

"Esta noite eu chorei tanto
Sozinha sem um bem!

Por amor todo mundo chora
Um amor todo mundo tem

Eu, porém, vivo sozinha
Muito triste sem ninguém

Será que eu sou feia?
Não é, não senhor!
Então eu sou linda?
Você é um amor!

Respondam, então, por que razão
Eu vivo só, sem ter um bem?

Você tem o destino da lua
Que a todos encanta
E não é de ninguém

Ai, eu tenho o destino da lua,
A todos encanto
E não sou de ninguém
"

Doris diz:
:O [2]




para aqueles que não entenderam o [2], clicaqui
ps: uma vez causado o caos, popularidade do blog aumenta !

:D

saber oq se passa em uma mente no momento em que o caos é libertado aparenta ser algo querido.

hm.
Mas volto.. pois ainda devo dizer

whaaat the fuck is up on having whatever it is that shines se teu brilho faz os olhos alheios doerem ?

bullshit.
Chegou aquela hora em que posso então dizer tudo que vem à minha mente.

Não que haja de fato algo que me impeça de tal afazer intensivo, afinal é um blog meu que posso apertar o botão divulgativo e falar qualquer coisa, porém todavia, soa muito mais emocionante introduzi-lo assim, quase rufando tambores !

Ê !

pois bem, caros, devo dizer que ao passear em terras norte americanas, fiz diversas aventuras. Dentre as bilhares mentalmente aprendidas, estão as bocós como chegar ao auge de comprar uma simpática papinha de neném em prol das proteínas contidas em tal visto à disponibilidade exclusiva de fast food no horário em que me encontrava. Qual não foi o trauma meu quando senti em língua que tal relíquia era... sem sal ? :(

após relembrar da sensação gustativa, sem mais, finalizo meu post.

11.8.09

Eu aprendi que . . .

what goes around, never comes around . to you .

:|

26.7.09

17.7.09



"What's the matter Mary Jane, you had a hard day ?
As you place the don't disturb sign on the door

You lost your place in line again, what a pity
You never seem to want to dance anymore

It's a long way down on this roller coaster
The last chance streetcar went off the track
And you're on it

I hear you're counting sheep again, Mary Jane
What's the point of trying to dream anymore ?
I hear you're losing weight again, Mary Jane
Do you ever wonder who you're losing it for ?

Well it's
full speed baby
In the
wrong direction
There's a few more bruises
If that's the way
You
insist on heading

Please be honest Mary Jane
Are you happy ?
Please don't censor your tears

You're the sweet crusader
And you're on
your way
You're the last great innocent
And that's why I love you

So take this moment Mary Jane and be selfish
Worry
not about the cars that go by
All that matters Mary Jane is your
freedom
Keep warm my dear, keep dry"


I'll try :~

13.7.09

"Sometimes you have to burn bridges to cross another one." - disse hoje um guri.

27.6.09


já cantava Steven : "aaaaaaall the things you doOoOoo0oo, come back to you !"

25.6.09

AH NÃO !


sério. caraca. tá. vai embora a doida esvoaçante das Panteras nos seus sessenta e x. masssssssssss. MICHAEL ?? MICHAEL JACKSON ? ELE É IMORTAL ! GAH. Como assim tão súbito e cedo ? Como assim do coração ??

MICHAEL ! O coração era o seu mais forte !


Ídolo de infância comovente, q, por ser mais leve do que pena e mais criativo doq qualquer tolete humano, me fazia ficar horas na frente da TV decorando coreografias, arranjando chapéu e luvas parecidos, cantando empolgadamente, aspirando um palco tão grande quanto o alcançado pelo amado freak.

E caramba, o que era jogar o jogo videogamístico sem sentido dele ? I.N.C.R.E.D.I.B.I.L.E. ! E o filme dele que, apesar de revisto por mim hoje como adulta aparenta ser cheio de entrelinhas perversas, quando criança era total e absolutamente MÁGICO ?



AH NÃO ! :|

Freak incrível ele, ressalto. O que ele tinha de genial, tinha de excêntrico. E justamente por isso, sofreu loucamente tanto com o pai intensíssimo, quanto com a perseguição insana da mídia, como também com seres desocupados que desrespeitavam sua forma de escolher, de ver a vida e enfim, de vivê-la. Afinal todo o ser humano quando nasce quer mudar de cor. Quem conseguiu ? hein ? hein ?

O que consola é que ele procurava essa paz há tempos né...

"I want Destiny
It's the place for me
Give me the simple life
I'm getting away from here
Let me be free, let me be me

I'm a man that's for all seasons
What the city offers me ain't naturally
I look to greet the stars
But there's no stars to see
Gonna search this world until I find my Destiny

I wanna be far from here
Should I up and fly away so fancy free
Nobody can change my mind
I'm screamming out these words for me
While time
Destiny, ah destiny, it's calling me
Destiny, a place for me
Ah, destiny
I want destiny"



Woohoo, you fuckin' made it, man. E PQP como foi marcante. Amém.

R.I.P.

:~

24.6.09

ei, você, ser que uploada minha página de forma frenética e intensiva.

get a life ? querer se apoiar na minha não é exatamente a melhor saída. sai daí, sai, sai.

ps : funk you !

:D

20.6.09

"It was a wrong time for you,
it was a wrong time for me,
it was the wrong time for everyone
but looks like I'm about to see for myself

If I could go back in time to the place in my soul, there all alone,
lonely tear drops are calling you

but I don't wanna know it now,
'cause knowing you
it won't change a damn thing
but there was a time

Yeah, there was a time,
didn't wanna know it all,
didn't wanna know it all and
I don't wanna know it now"

...

>.<

18.6.09

"Nessa guerra, não tem vencedor (...), todo mundo sai perdendo. Eu não sei se (...) tem solução. Não sei. Mas se as pessoas se olhassem com mais cuidado uns pros outros . . . acho que seria diferente."

17.6.09

O show tem que continuar né.
Apesar da maquiagem borrada, e tal.

Continuado então estava aquele evento.
Diferenciado e incoerente. Inflamável e instável.

Mal dormido. Um show gigante de 72hrs.
Baseado em uma inacreditável montanha-russa.

Válida mesmo, porém arrancadora de peles, órgãos, cabelos. Não ia exatamente para cima, aliás, até ia, mas ao descer, enganchava algum pedaço humano em suas ferragens.

A montanha-russa do show. Um show público definido simplificadamente como um simpático e risível circo.

14.6.09

When all the knives are used * ~ .

All the blood's suddenly left your body
All the wounds painfully united

But still alive

Um coração a bater sem combustível aparente
Forças não-naturais circulando então pelas veias

Respirando. Cof. Cof. Respirando.

13.6.09

"Por vezes eu acho que só o que falta é um pouco de organização nessa desordem imensa na minha mente... São inúmeros os arquivos ainda sem pasta definida, outros esperando ser renomeados e movidos para o lugar certo e muitos temporários que aparentemente ocupam mais espaço do que necessitam..."

"E descobrimos que não temos o que queríamos hoje por culpa de uma decisão mal-pensada em uma encruzilhada despercebida e o arrependimento ecoa com a certeza de ser tarde demais.... Tivemos tudo em nossas mãos e deixamos que se esvaísse... Às vezes por negligência, outras por pura idiotice... E por que diabos esse “backwards” apresenta sempre esse problema irritantemente conveniente de estar constantemente desabilitado?
Pois então, resignados por falta de opção, nos voltamos novamente às decisões à nossa frente com um olhar mais crítico e munidos de mecanismos de análise detalhados para que erros como esses não mais se tornem problemas arquivados na infinidade de setores da área dos arrependimentos mortificantes.


E a infinidade de caminhos da malha intrincada que se mostra a cada passo zomba da nossa falta de percepção e dessa indecisão tão familiar da acomodação..."


"E não falo aqui sobre o liberalismo cego e absoluto, mas sim de uma compreensão do que seriam esses sentimentos tão intrínsecos e por vezes incontroláveis que nos levam a atos por vezes impensados, inconseqüentes ou mesmo descabidos...

E o que então poderíamos chamar de virtudes? Será que dentre essas se encaixa ainda a hipocrisia do disfarce perfeito de uma fraqueza que leva a uma volubilidade de atitudes e de apresentações de um mesmo contexto? "


uau, Dani, nada mais apropriado. un bacione.

9.6.09

"The child is grown. The dream is gone." ?

hm. a vida, se deixarmos, gira em círculos. comodidade nos deixa sempre naquela estável e bocó repetição de escolhas para cair nos mesmos erros e acertos.

não. não.

vida em espiral, aspiro.
pequenas novas escolhas crescidas daquelas que resultaram em erros.

fazendo então diferenças ascendentes.

arrr

5.6.09

Vômito * ~ .

"nem tudo é mel na vida das abelhas" - diz Millor. Lindo.

Ele, sempre a escrever suas coisas sagazes muitas vezes de forma torta e por assim dizer, mais inteligente, me faz de fato seguir em frente.  (get it, get it ?)

- súbita intervenção -> eu posso sentir minha agonia derretendo ! o não-palpável tornando-se palpável. 

Costumo achar (e tentar) que a verdade nua e crua seja sempre dita, sabe. Com a complexidade emocional humana, porém, a verdade aparentemente torna-se cuidadosa, cheia de dedos e a pisar em ovos e tudo mais. Com esse meu achar e pois então, tentar, vi muitas pessoas espocar, ou incomodadas/incomodantes ficar. 

Bem, meu pensamento faz sentido a partir do momento que baseadas nas verdades, a ética humana reina e as pessoas, com a devida liberdade de escolha, e cientes de com que estão lidando, podem se posicionar diante de tal fato teoricamente nu e cru. Mas e o incomodado/incomodante resultante ? E aquelas verdades desnecessárias, nascidas só e somente para furar um psicológico humano em vão, sem nenhum resultado positivo/construtivo aparente ?

E daí, qual seria então o melhor resultado de posicionamento ?

Volta ->

uma abelha resolveu cometer suicídio na minha barriga enquanto eu dirigia.

privilégio de poucos ? metade cheia ou vazia do copo ?

Daí que, enquanto eu tentava removê-la de tal ato dolorido tanto para mim quanto para ela, ao mesmo tempo que mantinha então um olho na estrada a desviar de carros errantes, Millor em algum lugar sorria por mais uma vez provar seu ponto.

1.6.09

gostaria de comentar sobre filmes que vi, séries que vi, seres vivos que vi, mas plam. agora pulsam os que aparentemente foram mortos.

os seres mortos que um dia vi.

seres talentosos, felizes, esvoaçantes, produtivos e musicais.

caídos no mar após susto infernal no ar quase não mais brasileiros.

R.I.P. Juliana de Aquino com seu divertente álbum orkútico e caríssimo Silvio Barbato cabeça-de-Tite.

:(

15.5.09

aceitar o inaceitável me trouxe aonde estou hoje.
aceitar o que é inaceitável para os outros, também.

faz sentido ?

11.5.09

* Por mais que a gente saiba que ele existe, é sempre um tolete sermos abordados por um ser humano de má fé.

* TIRED ! Momento em que a força é necessária. Onde estou realmente sem visualizar as perspectivas. Aquela pausa em que há silêncio e daí o corpo grita, grita. SABE ? why ? WHY ? 

* O tópico acima me lembrou deste video incrível aqui :


Ao terminar, releia os meus Whys ao som do gato, obrigada.

* Tô com algumas saudades do que nunca houve e bla bla bla.

* cof.
Ingeri alguns livros nesse tempo sem net, sem tv, etc :

Quer engolir ou ao menos levemente entender o espaço-tempo-dimensão do que esperar dos relacionamentos conjugais humanos em documentação baseada em como a mulher foi, digamos, posicionada na sociedade ao longo do tempo ? (inspira) Aconselho. Ps: é sem final feliz.

Um livro que entretem ao tentarmos contar quantas vezes Slash ficou completamente suicida e entregue às drogas, e daí as largou para então recair e etc, enquanto, no meio tempo tocava guitarra, tinha o guns n'roses, etc.

Legal ler a biografia de um ser artista que passou e cresceu musicalmente aqui por Brasília. Nomes conhecidos, seres inter-relacionados, etc. Válido. Li em apenas um domingo descansador e revigorante.

1.5.09

Pois bem, eu diria.

Doris já entende o que acontece. As expectativas já estão congeladas.
Os que vêem de fora acham que há um grande sofrimento.
Doris sabe e sente que não. Sem expectativa a dor simplesmente inexiste.

"socorra Doris que já não sente nada, naaada"

17.4.09

If I said I'd kill people for you,
I don't think you'd care

It would actually scare
And I'd never feel you

again.

8.4.09

Com Twitter, blog, pop mundo, celular, vida real...

eu . . .

estou fragmentada.

o.o'

ps: e amanhã completa 1 mês de TV doente, oq significa direito de trocá-la por uma nova. é para eu ficar feliz ?

...

24.3.09

Pra que pessoas que não se comunicam ?
Pra que pessoas que não falam o que tá na barriga ?
Pra que pessoas superficiais ?
Pra que pessoas-imagens ?

Pra que pessoas ?
Pra que, pessoas ?

AHN ?

16.3.09

Tópicos-aleatórios-q-transitam-entre-real/onírico/caótico * ~ .

* Eu deveria ter desconfiado. Too good to be true. O mágico preço. A correta entrega. Harmonia. Amor à primeira vista de suas cores. Poucos momentos após, um descolamento em seu corpo. Um mal de Parkinson em sua vermelha luz. Um estourado som. And she was taken away. Meu bebê. Minha comunicadora. Minha interação efetiva com mundos além. Argh. Por que Deus ? Quando ela haverá de ressurgir ? É grave ? Oh. Do outro lado da linha, respostas vagas. Burocracias. Minha televisão está longe de mim. Com frio. Com toques de funcionários rudes. Logo ela que achava que havia encontrado um lar onde nada tolete seria reproduzido em seu frágil corpinho. Cof. Sofro contigo, cara. E aguardo seu retorno com saúde.

* Uh, God. Que saudade do que não pode ser. A positividade leva o meu ser pra frente. Mas UH DIO, que saudade.

* Alex: oi td bem gata anjo meu beijossssssssssssssssss!!!!!!

Eca.

Apagar
*Click*

Ah, a tecnologia. :)

* Estimulantes variados. De todas as composições. Absorvidos por todos os 5 (6?) sentidos. Incredibili risultati !

* Oh, por que fui cutucar um ser a quem já sei que não tenho paciência para responder ?

* Pois estou a criar novas formas de comunicação sabe, a partir do momento que minha memória não anda muito minha amiga. Aparentemente é mais interessante se passar por louca do que por senil.

* Meu porco volador sobreviveu ao acidente. Sim. Apesar de não estar instalado ainda propriamente para poder voar livre e efetivamente, o porco foi ansioso a bater asas, ganhando cada vez mais amplitude e . . . bateu em um obstáculo, depedaçando-se no chão. Trágico, se não fossem as habilidosas mãos do ser que trabalha no Hospital dos Brinquedos (313 sul!). Sim, o porquito é uma prova viva de que vale a pena continuar voando, independente dos obstáculos. Cha la la.

* QUE SAUDADE $#)%(#$@)¨%*

* Quem vive de passado é museu mimimi. Bom argumento para a tal falta de memória, acabo de perceber. Talvez também funcione dizer que minha mãe é Peixes. E tal. Cof.

* Tava lá né. Relendo os passados. Caramba, a vida é realmente feita de fases. Video-gamezísticas até, eu diria. Uuuh.

* Para tal apresentação, deixando claro que a pessoa estava em busca do que é diferente/intenso/inusitado/faminto, eu esperava mais do que uma interação óbvia.

* Eu tenho um certo amor pelas coisas que já li do Millor. Ele é muito wtf. Só para compartilhar mesmo.

* Oh. Tenho que correr. Amém e obrigada pela leitura, caras moscas com alta capacidade de compreensão.

13.3.09

Notei que algumas vezes as pessoas adoecem.

e não percebem.

ou simplesmente, usam a doença para desculpar suas atitudes afundadoras, e então justificar ficar por ali.

não sei exatamente o que é pior: o desagrado do que não se percebe, ou a pena que sentimos dos que se prejudicam -e aparentemente gostam.

não sei.

ps: a posologia poderia ser: -grude em um ser humano que você admira, e daí pergunte humildemente a sua opinião. Ou simplesmente se inspire nas atitudes daquele que você gostaria de ser.

Costuma funcionar. Afinal estamos todos sucetíveis aos malefícios sociais. Adoecer não é o problema. Como procuramos sair disso aparenta ser a grande questão.

10.3.09

Pensamentos surgidos em uma noite não dormida, pois acompanhada eu estava pelos caríssimos do Pink Floyd, do Simple Red, do Queensryche, e pela Anouk. Começando então pelas ações conseguidas, seguidas dos vômitos. Dois pontos :

- Decisão de fazer duas importantes alianças ao marcar por fora, o que marcou por dentro.
- Decision of the concept of my next mark.
- Reasons Why I Should Not . . you know.

. Gastamos mais tempo da vida tentando vivê-la melhor, do que de fato vivendo-a.

. The Bells I hear when I die, will ring and stand for Time

. The Sky insists on being blue. The lonely Venus garantees its beauty. But it still is blue. Dark Blue.

. Quando tanto repulsamos o que é previsível/óbvio, o medo de sê-lo é uma irritante consequência.

. She would make love, when I barely knew what it was
Ela sentia intensamente sentimentos antes transparentes para mim
I sensazioni di lei, spesso ispirato nella mia ingenuità
Falecida a tal ingenuidade, she left.
E tutti i sentimenti pesanti sono stati trasferiti a me
And now I can finally see what she used to see
Tutti quelli sentimenti pesanti sono sta volta miei
Unable to share . . . not yet a cat . . . to match
that silly oldely wise soul . . . of mine. F.I.N.E.*
cof.

4.3.09

Assisti então a todas as 9 temporadas do Arquivo X, graças a este caríssimo ser humano.



Foi algo que levou mais ou menos 1 ano de entrega, emoções, nerdices e cumplicidade.

Cumplicidade não só entre eu e a série, mas também entre eu e a TV, a qual normalmente dou pouca atenção quando não está acompanhada de um aparelho reprodutor, a la dvd ou video ou decodificador com canais telecine/hbo.

Tudo bem que lá para a oitava/nona temporada, o thrill de cada amontoado estórico de 40 e x minutos não era mais o mesmo (afinal, como sobreviver ao ator do personagem Mulder querendo esvoaçar pelo mundo do cinema e assim abandonar a série de forma maligna para os fãs entregues ? Aliás, não sabia ele que devia ser responsável pelo que cativa ? HEIN ? *fã abandonada* ), mas também que séries conseguem sobreviver bem por tanto tempo ?

Finalizaram na hora certa, e os filmes Arquivo Xzísticos foram igualmente simpáticos e de bom gosto.

E assim, agora, paro frente a frente, eu e a TV. Tenho tentado em vão ligá-la para ter aquela calorosa companhia ao tomar meu café da manhã solitário ou demais afazeres caseiros. Trágico fim da cumplicidade. Ana Maria Braga-substituta fala comigo, mas meu coração não responde mais.

:~
ps: Twin Peaks ? Twin Peaks ?
você * ~ .

queria eu, meu caro, poder dizer o que eu realmente quero dizer
queria eu, então, assassinar todo e qualquer jogo, repressão.

e ao expressar amor, não causar dor
a ti -> a mim

o controlar de fora para dentro me dá total descontrole.
assassinar o de dentro para o de fora ser consequência,
é ensinável ?

razão.razão.razão.razãomoção.ração.coração.vão..vão..vão
COF

23.2.09

a sopa.
batata, cenoura, frango cozido.
sem sal.

você.
com ela, a outra, e a terceira
sem sal.

a vida deve às vezes
ser realmente assim
sem sal.

para que o valor àqueles
saborosos
seja . . .

quero sal
sal
quero sal

pain

no estômago sofrido
o sal. agressivo.

comigo. a sopa.
quero sal.

18.2.09


<3
Aparentemente, minha inspiração também é notívaga.

Meus escassos acessos à net têm sido exclusivamente diurnos. E assim, após uma noite toda acumulada dos mais variados vômitos, meu dia aparenta assim, ansioso mas sem voz.

Por isso, juntamente com a rareada net, haverá rareadas expressões de sentimento orgânico. Snif.

Tudo bem. Para o próximo passo, uma frase inspiradora, lida em um blog amigável. Deveras sensacional para termos aquele empurrãozenho em direção à definição daquelas coisas né, metas, objetivos, etc. :

"When you choose an action, you choose the consequences of that action. To emphasize this even more vehemently: when you desire a consequence you damn well better take the action that will create it." Lois McMaster Bujold

Nuh. Isso vai servir de fermento para os sentimentos sem direção de hoje a noite.

14.2.09

tenho que avisar a você, amado blog, o porquê (arrr, tem acento ainda ?) do meu gigante sumiço.

sim, é para ti que eu dou satisfações.

o escolhido o qual me acolhe toda a madrugada angustiada, sempre disposto a cuidar dos meus vômitos palavrísticos.

devo dizer que a ti falhei, meu coração, por excesso de atividades e ausência de internet.

apesar de agora estar instalada em outro ambiente, ainda sou sua.

e sinto tua falta.

com amor,

26.1.09

50 anos de Madonna * ~ .

Nunca fui uma grande fã. Afinal, tenho 1,58m (morreram de rir? :D). As músicas dela são, com raras exceções, compostas por um textinho e suas repetições variadas em ritmos dançantes, o que, para meu cérebro hiperativo, é pouco.

Porém, sua sagacidade empresarial é inegável. Sua persistência, sua inteligência comercial, sua performance no palco, os shows teatrais que exige como cenário "de fundo" para suas turnês.

Tinha que ler. E li. 

Valeu a pena. Fiquei sabendo que ela faz muito mais ainda do que aparenta, e isso é muito inspirador. Obviamente excêntrica e controversa, Madonna, pelo menos, o faz de forma, digamos, positiva em um estilo "ainda saudável" de wants to live forever.

É um livro a la "parece que estou assistindo aqueles documentários americanos clichês em formato leitura", mas que tem como vantagem a fácil digestão apesar da gordura do livro. E como as informações são válidas para um ser cantante como eu, taí. Lido !

viva.

23.1.09

Um dos motivos da chateação humana na era da informação :

- Descobrir o quão original NÃO somos -

ou simplesmente

- Perceber o quão abaixo de uma galera estamos -

e demais pontos de vista relacionados ao mesmo fato.

(os que se dão por satisfeitos estarem acima de alguns poucos devem ser questionados, sacudidos etc.)

21.1.09



nham <3

visto aqui !
como saber que uma pessoa está fazendo algo que te agride (uma coisa que consideramos burrice ou uma destruição 'não intencional' de algo seu, por exemplo) porque ela é a evolução seguinte de um animal (boa menção do animal, e não a humana), ou simplesmente porque ela de fato intende te agredir ?

me explico.

algumas pessoas simplesmente parecem muito próximas àquela inteligência primitiva dos animais, têm atitudes físicas e mentais semelhantes (como já havia mencionado por aqui de forma mais específica).

e têm aquelas que se fingem de tal para poderem de fato serem estúpido, rudes, ahn . . animais.

entendem ?

:/
Falante Então Através de Maysa (clichê, EU SEI - arrr essa auto crítica que berra -. mas às vezes precisamos da Globo para conhecer alguns seres de fato suculentos) 

. ressalto que o que estiver em negrito, será sempre o que foi escrito por mim, e que nada será a não ser o que pode ser, entende ? é. influenciável . pois que caiam por aqui então, os vômitos dela que neste momento condizem com muitos meus (já que meu interior se encontra aparentemente apático e ausente, snif). Coloco-os num certo crescente cronológico, para parecer mais com uma estória, né ? Bem mais emocionante.

-grita então uma parte cerebral-

Ouça, vá viver a sua vida com outro alguém, hoje eu já cansei de prá você não ser ninguém. O passado não foi o bastante prá lhe convencer que o futuro seria bem grande só eu e você. Quando a lembrança com você for morar e bem baixinho de saudade você chorar, vai lembrar que um dia existiu um alguém que só carinho pediu e você fez questão de não dar, fez questão de negar.

e em seguida, fluiria alguns pedaços di questa canzone :

Meu mundo caiu 
E me fez ficar assim
Você conseguiu
E agora diz que tem pena de mim
...
Sei que você me entendeu
Sei também que não vai se importar
Se o mundo caiu
Eu que aprenda a levantar
...

com tosses, podemos fingir uma levantada rápida, súbita, aparentemente sagaz. mas a tosse . . COF ! the fuckin caugh

Todos acham que eu falo demais E que ando bebendo demais Que essa vida agitada não serve pra nada Andar por aí, bar em bar, bar em bar Dizem até que ando rindo demais E que conto anedotas demais Que não largo o cigarro e dirijo meu carro Correndo, chegando no mesmo lugar Ninguém sabe é que isso acontece porque Vou passar minha vida esquecendo você E a razão porque vivo esses dias banais E porque ando triste, muito triste demais E é por isso que eu falo demais E é por isso que eu bebo demais E a razão porque vivo essa vida agitada demais E porque o meu amor por você é imenso É porque o meu amor por você é tão grande É porque o meu amor por você é enorme Demais

COF !

às vezes eu fico sismando Querendo ser tempo pra tempo me dar De encontrar qualquer coisa real Que me faça sorrir ou mesmo chorar Eu já quis bater na saudade Saudade que tenho de mim De quando achei que saudade Fosse rima pra samba assim Por isso é que fico sismando Querendo ser tempo pra tempo me dar Se saudade é querer ficar perto Eu preciso de tempo pra me encontrar

Pois de fato procura-se continuar caminhando, né ? A vislumbrar um tal horizonte, aquele daquela tal felicidade, pah. er.. o que mesmo ? O QUE É mesmo ?

O que que eu estou procurando 
No vago aflita olhando 
De canto em canto buscando 
O que ?
De noite a lua assiste 
Que eu fico ainda mais triste
E saio pra rua andando
Procurando
mas o que ?
Talvez se um dia eu achasse
O mundo depressa tirasse
E eu não conseguisse nem ver
Mas o que Que eu estou procurando ?
No vago aflita olhando
De canto em canto buscando
O que?

Mas . . . The bloody non-robotic memory. The bleeding sentimental memory. Tudo aquilo que habita dentro de ambientes mentais jamais imaginados e que do além te surpreende com o clássico : caraca, não é que isso existiu e deus do céu como doeu ? ou simplesmente, oh mas como então você se transformou, hein caro pedaço de ligações neurológicas ?

não me fales mais não me lembres nada
quero crer que me resta o direito de esquecer
para que buscar pedaços do passado
se pedaços nao completam o todo que eu perdi

qual o nome dele? onde ele vive?
francamente eu agora nem sei já me esqueci
rugas no meu rosto são caminhos da ilusão
neve em meus cabelos são invernos de paixão

julgas que é bom recordar
um dia porém vai saber
que é muito melhor
não olhar para trás e esquecer

E por fim, uma conclusão bella, afinal de contas, imagino qual seria o sentido de perder o sentido e se perder - quando conscientemente feito, devo ressaltar-

Enquanto espero eu canto
Na eterna volta eu canto
E no encanto de cantar
Se canto perdida eu canto
La la ra la ra la ra la ra.

Se não tem sentido o meu cantar
Qual o sentido de não cantar?
Se na manhã primeira eu não cantei
Na derradeira eu cantarei
Todas as buscas tem o seu canto
Todos os cantos são encontrados
Canto,canto
La ra la ra la ra la ra !


s2

20.1.09

bom. há dias tenho sentido um urgente vômito palavral para com este blog. porém abro a janela e nada consigo escrever, e por fim, a fecho.

tudo surge. sejam ideias concebidas ao assistir um arquivo x, uma lágrima escorrida por um cachorro Marley, uma certa conivência póstuma quanto ao jeito de vida da Maysa, enfim, coisas essas advindas do externo para tocar o interno.

mas tenho a considerável impressão de, o que de fato travou, foi justamente o processo contrário. o do interno para o externo.

um bloqueio OBESO.

um momento de só e exclusivamente querer absorver. tudo. e qualquer coisa. com o bom senso do filtro da minha escolha de postura de vida.

e aí me deparo com aquelas velhas "intolerantes verdades" impostas por brilhantes (ou não) seres. aquelas mesmas que, se não fossem pela auto-confiança sensacional de cada um deles, do desprezo destes aos demais caminhos, e de sua imposição coerente para que vejamos o que eles veem, não compraríamos tão facilmente.

mas até quando esse tipo de intolerância não os deixa completamente cegos para uma outra verdade absurdamente interessante postada logo ao seu lado ?

e até quando permitir essa tolerância não os deixaria sem verdades ?

caraca. que agonia disso.

me calo, por agora.

13.1.09

9.1.09

mas me diga, e como faz quando a fragilidade reina, você até tenta, mas seu estômago não aguenta ?

6.1.09

Fazendo a continuação deste caro post aqui, sabe quem mais está nas temporadas arquivo xzistícas (er, posso colocar acento em tal palavra, de acordo com as novas regras portuguesas ?) ?

É o malvadão do Saw (Jogos Mortais) ! :D


Com minha extrema sagacidade, reconheci imediatamente os olhos tão característicos desse ser que faz papéis sombrios chamado Tobin Bell (e viva a internet !) !

Aliás, no mesmo episódio, tem um tal de Dr. Voss, o que aparentemente fez toda a originalidade do meu nome se esvair. Maldito conhecimento cultural, pif.
"- Mulder, look, we're always running. We're always chasing the next big thing. Why don't you ever just stay still ?

- I wouldn't know what I'd be missing."


uauch !

5.1.09

Comprar coisas para um novo apartamento.

O que começa como incredible joy pode a qualquer momento se transformar em um stress de contas, falta de tempo e demais coisas as quais já várias vezes ouvimos advir das bocas pa e maternas.

Espero que após essa deliciosa ascensão, a queda seja imperceptível e sutil para que o trauma não se instale.

la . la . la

4.1.09

Um bom motivo para ter uma Barbie * ~ .

Ela assim, trazendo Os Pássaros do Hitchcock ao vivo e a cores, por apenas U$ 40,00,  traz frio na barriga para todo e qualquer ser humano de bom coração.

Minha mãe * ~ .

Tópico 1 . Chegou um som na garagem conjuntamente com um carro. O som era parte do Scenes From a Memory, do Dream Theater. Regozijei o momento e em seguida wonderei : "Por Deus, quem no meu prédio estaria ouvindo tal som ?

Tópico 2 . Minha mãe entrou aqui e pediu emprestado o meu cd com a capa de um rosto mosaicado.

Encontrem a relação. Obrigada.

1.1.09

2009 * ~ .


Eu sei, eu sei . . tinhas que ir.

Livre então deste corpo que enfraqueceu apesar da força do teu espírito, espero que na 1a hora do ano de 2009, tenhas de alguma forma ouvido que cantei para você.

"Eu canto, eu canto
Por poder te ver
No céu, no céu
Como um balão
Eu canto e sei
Que também me vês
Aqui, aqui
Com essa canção"


:(