13.3.09

Notei que algumas vezes as pessoas adoecem.

e não percebem.

ou simplesmente, usam a doença para desculpar suas atitudes afundadoras, e então justificar ficar por ali.

não sei exatamente o que é pior: o desagrado do que não se percebe, ou a pena que sentimos dos que se prejudicam -e aparentemente gostam.

não sei.

ps: a posologia poderia ser: -grude em um ser humano que você admira, e daí pergunte humildemente a sua opinião. Ou simplesmente se inspire nas atitudes daquele que você gostaria de ser.

Costuma funcionar. Afinal estamos todos sucetíveis aos malefícios sociais. Adoecer não é o problema. Como procuramos sair disso aparenta ser a grande questão.

5 comentários:

Diogo R. disse...

Agora pode assinar aqui! rs
qnt tempo...
Sucesso!

cleiton disse...

coisinha fofaaaa!
beijos!

~* Ana Voiss disse...

1o - O M G ! bom saber que você sobreviveu ao q quer que tenha acontecido haha. gooooood. re-abri isso aqui justamente para pequenas coisitas como essas. ai, mágico.

2o - ? o.o'

Daniel Araujo disse...

Tenho que pensar com mais carinho para comentar esse. O tempo, nesse momento, não está a meu favor.

Diogo disse...

Pois é Ana,sobrevivi rs! Estou vivo, livre e muito bem! Entrando na net na madrugada de vez em quando, no msn, entro rápido e você sempre off, ou me excluiu? tudo é possível! rsrs Eu sei q, finalmente qnd acho seu blog, tenho essa surpresa de: poder assinar! =) massa!!!!!
Beijos Ana, pega uma flor 'emoticada' pra vc!
ps.: ñ vai me click! rsrs