9.11.08

Tipo que * ~ .


Ah. Comovente. Sério. Músicas lindas. Talento mútuo. Uma coisa deveras mágica de companheirismo entrosado raro de fato na vida humana, mas que quando ocorre... ah :~ ! Apenas uma vez.

Tipo que, carácoles. Eu quero um pai e filho assim para minha vida. Tudo bem que pude adquiri-los momentaneamente em um filme, mas seria com eles sempre ao redor que daria aquela força para não doer tanto ser, digamos, um ser marciano ! :~²


Na minha pesquisa de seres humanos, seguindo a série de livros indicados por um ser igualmente pesquisador (como o de arquétipos e a filha do herói), agora li esse, que apesar de mais simples, não perde seu caráter de leitura interessante e rápida (tipo um espirro). Além de descobertas científicas de nossas diferenças, descobri também que vários cérebros ao meu redor não necessariamente correspondem ao seu corpo. Tipo o meu que aparentemente é masculino, thanks.

Um comentário:

Tite disse...

E eu sou uma moça, vlv.
livros de auto-ajuda me odeiam, é fato, pelo fato deste ser apenas zoa-los rofl.