4.12.07

Doris não entendia pq vivia sua vida de forma tão irresponsável e inconsequente.

Era falta de amor próprio ? Mas como, se ela se considerava um ser humano com inúmeras qualidades e com extremo amor à sua vida e à sua sorte ?

Esta questão nunca deixou de ser um impasse. Se dê valor - muitos disseram. Se poupe de tais situações - e sua mente já incorporava tais conselhos.

Oq poucos sabiam é que Doris era uma colecionadora de momentos. Ela própria demorou a perceber pq tal termo nunca havia passeado por seus pensamentos.

Colecionadora de momentos : respira todos os ares, conhece consideravelmente todas as pessoas, entende e vive suas razões. A busca pelo saber até quando se pode viver tal momento para então abandoná-lo é de fato essencial para que a vida não seja afetada a ponto de fechar portas para outros novos e esvoaçantes sen.ti.mo.mentos.

Ah, tão irresistíveis. São variadíssimos, infinitos, singulares. O fim dos que nos causam extrema alegria jamais deve ser motivo de tristeza, pois, apesar do fim, tem-se a opção de tê-los para sempre em sua mente, acumulando-os em uma suculentíssima coleção de memórias. O regozijar é opcional.

Existem também aqueles os quais normalmente se deseja esquecer por terem trazido tanta dor e sofrimento. Mas Doris nunca se engana, percebe que tal momento é amadurecimento disfarçado de tristeza e o joga na memória.

A Doris, nada deve passar jogado pelas ruas, nada deve ser meio-bocamente vivido ou completamente evitado, mas sim inspirado, internalizado, dobrado e acumulado na bagagem da vida.

Ah, essa falta de amor próprio. A entrega do corpo pela busca de momentos.

Mo.~mentos !

2 comentários:

AnImoL disse...

Doris mostra que falta de amor-próprio não necessariamente se encaixa com irresponsabilidade e inconsequência.
É a anti-heroína que, viciada em momentos, faz aquilo que quer fazer.
No fundo todo mundo quer ser Doris mas se vê na limitação de seus próprios medos. E vivem como robozinhos pseudo-felizes, acreditando que seu marasmo é o destino, e que nada podem fazer para mudá-lo.

~* Ana Voiss disse...

haha sensacional.

merci <3